"Eu te vi chorar depois de muito tempo, e você já não se lembrava o que eram as lágrimas. Eu vi a muralha desabar em dor, eu te vi tão fria se derretendo em ódio. Finalmente cansou de mentir dizendo que era forte, cansou de se esconder atrás de certezas que nunca teve. Olha só pra você, passou muito tempo regando as mágoas, passou muito tempo se remontando á cada dia com uma peça a menos, e agora a estrutura cedeu, você está com as mãos no rosto se perguntando “Por que eu? Por que isso? Por que não posso apenas desaparecer?”. Você sempre disse que sabia lidar muito bem com seus medos, e por ironia, foram ele que te engoliram."
Sean Wilhelm.   (via inverbos)
"As tuas dores, menina, não podem ser maiores do que a tua esperança."
Laureane Antunes.   (via alentador)
"Soltava sorrisos ao vento e ouvia: Uma hora eles voltam a você."
Caio Fernando Abreu.    (via valiosos)
"Eu quero de você no máximo, é fazer do teu abraço a minha morada. Ser a motivação dos teus sorrisos. Deitar abraçado com você, na mesma cama, dormir de conchinha com nossos rostos colados. Acordar no meio da noite com beijos inesperados e ouvir todos os dias a mesma resposta; eu aceito casar com você, sabendo que nós já somos casados."
 Pablo Henrique.    (via alentador)
"Ela sempre se fazia de forte em relação aos seus sentimentos; Dava a impressão de uma muralha da china mas na verdade era só mais um castelinho de areia."
400 histórias pra contar.  (via inverbos)
"É impossível a gente buscar um esconderijo para fugir de algumas verdades. Elas são espertas, sabem direitinho onde nos procurar. E nos acham, para nos colocar frente a frente com aquilo que queremos fingir que não existe. Em outras palavras: não dá pra deixar pra lá. A vida acontece desde que a gente deu o primeiro choro. E todo tempo é precioso demais, já que o amanhã é uma incógnita."
Clarissa Corrêa. (via inverbos)
"Ela riu dentro da sua tristeza."
Meu pé de laranja lima.   (via valiosos)
"O amor é eterno."
1 Coríntios 13:8.    (via valiosos)